Segurança Humana

Este projeto aconteceu em três etapas, no período 2008-2011:

  • Implementação do projeto em José Bonifácio (zona leste da cidade de São Paulo)
  • Avaliação da experiência em José Bonifácio e expansão para Itaquera;
  • Avaliação da experiência na região (José Bonifácio e Itaquera), implementação e posterior avaliação na zona sul da cidade de São Paulo.

Etapa 1 – Implementação em José Bonifácio

Iniciou com um diagnóstico das potencialidades e demandas relacionadas à vida das/os jovens da região para o mapeamento e conhecimento de aspectos importantes da realidade local.

O diagnóstico foi elaborado a partir dos dados oficiais da Prefeitura de São Paulo e contou com a participação de representantes de organizações da região.

Os resultados apontaram para as necessidades de:

  • Criar / ampliar espaços de lazer e cultura;
  • Criar e implantar ações para adolescentes e jovens nas UBSs – (Unidades Básicas de Saúde) da região, principalmente no que se refere à saúde sexual e saúde reprodutiva, prevenção às DST/HIV/aids;
  • Promover a cultura de paz como medida de enfrentamento ao alto número de mortes violentas na região.
  • Os resultados contribuíram para que as/os participantes ampliassem suas noções sobre espaços comunitários, por meio da identificação da estrutura básica existente na comunidade, e deu início ao processo de reflexão coletiva sobre organização comunitária, equidade social, promoção da saúde, recursos voltados para o bem-estar e qualidade de vida na comunidade na qual vivem, estudam, trabalham.

Considerações sobre o Grupo Nuclear

Um dos encaminhamentos resultantes dessa etapa foi a estruturação do grupo que realizou o diagnóstico. Foi denominado de Grupo Nuclear e imbuído da função de irradiar, para a comunidade local, informações sobre os direitos de mulheres, homens, adolescentes e jovens, isso por meio de palestras e eventos em parceria com equipamentos locais, como escolas.

O Grupo Nuclear vem recebendo formação/capacitação desde dezembro/2008 por meio de oficinas temáticas organizadas em módulos:

Módulo 1 – Introdução aos conceitos centrais – Conceito de gênero e direitos sexuais e reprodutivos.

Módulo 2 – Pertencimento – Como é José Bonifácio? História do bairro e de seus moradoras/es.

Módulo 3 – Apropriação dos espaços públicos – A quem pertence José Bonifácio? Quais espaços são espaços públicos? Como e por quem esses espaços são utilizados?

Módulo 4 – Discriminação (raça e orientação sexual) – Como as pessoas, devido às suas etnias e orientação sexual, são tratadas em José Bonifácio?

  • Últimas da ECOS

    Hoje, dia 15 de Julho se comemora o “Dia do Homem”. Esse dia nos faz pensar se deveríamos e, como deveríamos comemorar o tal “Dia do Homem”. Mas afinal de que homens estamos falando? São tantas as masculinidades quanto diversas as opressões de gênero. Que o “Dia do Homem” sirva como lembrança pro necessário enfrentamento dos modelos hegemônicos de gênero, do racismo, da hetoronormatividade, do binarismo de gênero e demais mecanismos que se traduzem em injustiças sociais, violência e opressão. Que essa data nos recorde que há muito o que fazer se queremos ultrapassar as barreiras de acesso à saúde integral e equânime para homens jovens e adultos. ... Ver maisVer menos

    Ver no Facebook

    5 dias atrás

    ECOS - Comunicação em Sexualidade

    Ainda celebrando a escolha de Denise Carreira, que faz parte da nossa coordenação executiva, entre as brasileiras que integram a Rede Gulmakai do Fundo Malala, deixamos a nossa dica para que você possa aproveitar o #MalalaDay por muitos e muitos dias:

    ✊ Demonstre apoio ao direito humano à educação em suas redes sociais.
    ✊ Conheça trabalhos de organizações do campo de defesa de direitos que atuam no combate às desigualdades de gênero e raça na educação.
    ✊ Valorize iniciativas locais e ações de meninas e mulheres em favor da educação na sua região.

    Essas são ideias de primeiros passos, muito podemos fazer juntas por uma educação de qualidade! #AçãoEmRede

    + sobre #MalalaDay : data em que celebramos o aniversário de Malala Yousafzai e reconhecemos seus esforços em defesa dos direitos humanos e da educação de meninas e mulheres.
    ... Ver maisVer menos

    Ver no Facebook

© 1989 - 2018 ECOS - Comunicação em Sexualidade. Todos os direitos reservados.